Blog Farmácia

19/02/2019

Quanto posso retirar da farmácia no começo do ano

FONTE: Farmacêutico Empresário – Matéria acessada em 19/02/2019

O pró-labore e a distribuição de lucros são a principal fonte de renda da maior parte dos empresários de farmácias magistrais. Uma dúvida comum é quanto se pode retirar, ao final de cada ciclo, sem prejudicar o andamento dos negócios. Por isso, convidamos o consultor contábil da Anfarmag, Luiz Mendes de Freitas, para dar dicas.

“Em primeiro lugar, tudo depende do resultado contábil apresentado”, explica Freitas. A distribuição de lucros nada mais é do que uma das formas que as empresas adotam para a remuneração de seus sócios e deve ser estabelecida no contrato social. É a forma de o investidor ser recompensado pelo dinheiro que colocou na empresa.

Diferente do pró-labore, a distribuição de lucros não tem periodicidade fixa e pode até não ocorrer. Porém, normalmente, os lucros são distribuídos anualmente, após o encerramento contábil do ano anterior com os lucros do exercício e o acumulado, sendo revelados e oficialmente apurados. É possível que retiradas dos lucros sejam feitas em outras épocas do ano, principalmente se o contrato social da empresa permitir que isso ocorra.

Ou seja, para a maioria das empresas, a época correta de fazer a distribuição de lucros é o começo do ano. “Só vale lembrar que o empresário deve ficar atento às provisões de pagamentos que serão feitos no início do ano, para que a distribuição de lucros não afete o fluxo de caixa da empresa”, explica o consultor.

Distribuição de lucros x pró-labore – A diferença entre eles é que o segundo equivale ao salário que o dono recebe por trabalhar no próprio negócio, o que não acontece na distribuição de lucros, situação em que o sócio não precisa necessariamente trabalhar na própria empresa. A distribuição de lucros está isenta do Imposto de Renda, considerando que a empresa já teve sua receita bruta tributada.

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Converse com um consultor financeiro da Parmais
Empoderamento Financeiro – empresa parceira da Anfarmag que realiza atendimento inicial gratuito para os associados e ainda dá suporte no preenchimento do PID.

Torne sua farmácia competitiva, consulte o PID: www.pid.org.br

Autor: Anfarmag – Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais

Compartilhe:


Voltar

 

Compartilhe no WhatsApp